terça-feira, 24 de agosto de 2010

Ser Trabalhador Humanitário

Mostro de seguida um filme que foi preparado pela ONU para o dia mundial humanitário que foi no passado dia 19 de Agosto. Este dia é celebrado para homenagear todos os trabalhadores humanitários e funcionários das Nações Unidas que perderam a vida quando trabalhavam pela causa humanitária.




E se cada um de nós, cristãos ou não, escolhêssemos um projecto social pelo qual déssemos a vida? Ou seja, um projecto com o qual nos comprometêssemos a sério com tudo o que isso implica de deveres e claro de direitos. Agosto está quase a terminar e muitos ainda estão de férias, e se começássemos a pensar num projecto que possa fazer bem a outros, que possa melhorar a sociedade, a nossa pequena sociedade que nos rodeia todos os dias? E se todos fôssemos trabalhadores humanitários? Se fosse não só um trabalho mas um modo de estar na vida? Acredito que o mundo estaria melhor e mais do que isso estaria a caminhar na direcção correcta.
Penso que é um dever nosso fazermos alguma coisa pelos outros. Nós que temos educação, temos valores, não passamos necessidades, somos aqueles que mais responsabilidades temos perante os outros e especialmente perante os que menos têm. Se calhar é só a minha opinião que vale o que vale, mas sinto que vale a pena pensar nisto.
Não sabia como etiquetar este artigo, pensei que talvez entrasse nas opções que vamos tomando na vida, pois mais do que uma atitude perante a vida, penso que é uma decisão que se toma e com a qual nos comprometemos até ao fim, custe o que custar


Um Abraço

Sem comentários:

Publicar um comentário